A Máquina Eletrostática de Van de Graaff foi desenvolvida pelo físico estadunidense Robert Jemison van de Graaff (1901 –1967) em 1929 e foi uma ferramenta de grande utilidade para as pesquisas dos fundamentos da Física de Partículas, onde as intensas voltagens geradas eram utilizadas para a aceleração de partículas subatômicas a altas velocidades (VAN DE GRAAFF, 1931). A Máquina Eletrostática de Van de Graaff é composta por uma esfera oca de metal colocada sobre uma haste vertical, uma correia móvel e um jogo de polias acionado por um motor elétrico. A superfície da esfera é carregada por meio de uma eletrização por atrito. A Máquina Eletrostática de Van de Graaff do acervo de experimentos do MINF/UFPA é um equipamento de demonstração de diversos conceitos relacionados à Eletricidade, como, por exemplo, tipos de eletrização, polarização, cargas elétricas, além de ser suporte para a construção histórica da física do século XX.

 

FONTE:

CALDAS, J. Museu Interativo da Física da UFPA: Ação educativa com ênfase em divulgação e popularização da História e da Filosofia da Ciência para o ensino de Física. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. Faculdade de Física. Universidade Federal do Pará, Belém, 2015.

MINF - UFPA - Av. Augusto Correa, n° 01, Campus Básico do Guamá - Belém - Pará, CEP: 66075-110
Tel.: (91) 3201-7889. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.