A Máquina Eletrostática de Wimshurst é um gerador eletrostático de altas voltagens. Desenvolvida pelo inventor e engenheiro britânico James Wimshurst (1832 –1903) e primeiramente descrita em 1883, a máquina é constituída de dois discos idênticos de vidro que giram em sentidos opostos ao redor de um mesmo eixo com um certo afastamento. Os discos possuem pequenas placas metálicas igualmente espaçadas. A Máquina Eletrostática de Wimshurst é conhecida por ser uma das mais eficientes máquinas eletrostáticas de indução e funciona por meio da separação das cargas elétricas através de indução eletrostática (WIMSHURST, 1891). Apesar da grande utilidade para demonstrações, a utilidade prática foi curta, tendo seu uso resgatado após a descoberta dos raios X, em 1895. Porém, com os avanços tecnológicos, foi rapidamente substituída por outras fontes de energia. A Máquina Eletrostática de Wimshurst do acervo de experimentos do MINF/UFPA é uma réplica do equipamento desenvolvido por Wimshurst e conta com pequenas modificações nos materiais utilizados e na aparência.

 

FONTE:

CALDAS, J. Museu Interativo da Física da UFPA: Ação educativa com ênfase em divulgação e popularização da História e da Filosofia da Ciência para o ensino de Física. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. Faculdade de Física. Universidade Federal do Pará, Belém, 2015.

MINF - UFPA - Av. Augusto Correa, n° 01, Campus Básico do Guamá - Belém - Pará, CEP: 66075-110
Tel.: (91) 3201-7889. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.