A Bobina de Tesla consiste em um transformador ressonante que produz altas voltagens a partir de correntes elétricas alternadas de altas frequências e foi desenvolvida pelo cientista e
inventor austríaco Nikola Tesla (1856 –1943) por volta de 1892. Tesla objetivou um modo de conduzir corrente elétrica entre grandes distâncias sem perdas significativas ocasionadas pelo
Efeito Joule (CHIQUITO et. al., 2000). Em seu laboratório, em Colorado Springs (Colorado/EUA), Tesla desenvolveu o dispositivo que, partindo de uma associação entre transformadores, capacitores e bobinas, é capaz de elevar uma tensão de rede de, por exemplo, 110 Volts a uma tensão de aproximadamente 110.000 Volts. A Bobina de Tesla do acervo de experimentos do MINF/UFPA possui o funcionamento básico do transformador ressonante de Tesla e é utilizada na abordagem de conceitos como a quebra da rigidez dielétrica do ar, circuitos ressonantes, transmissão de energia pelo ar, ionização de gases, relâmpagos artificiais, e a geração, transmissão e recepção de ondas eletromagnéticas.

 

FONTE:

CALDAS, J. Museu Interativo da Física da UFPA: Ação educativa com ênfase em divulgação e popularização da História e da Filosofia da Ciência para o ensino de Física. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. Faculdade de Física. Universidade Federal do Pará, Belém, 2015.

MINF - UFPA - Av. Augusto Correa, n° 01, Campus Básico do Guamá - Belém - Pará, CEP: 66075-110
Tel.: (91) 3201-7889. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.