O Eletroscópio de Folhas, assim como o Pêndulo Eletrostático, possui a função de detectar se um corpo está eletrizado. Um dos primeiros dispositivos foi o desenvolvido em 1787 pelo clérigo e físico britânico Abraham Bennet (1749 –1799) como um instrumento mais sensível do que o Pêndulo Eletrostático. Era constituído por uma extremidade de metal que possuía, internamente a um recipiente de vidro, duas folhas de ouro suspensas. Caso um objeto estivesse eletrizado as folhas de ouro apresentariam uma notável repulsão. No Eletroscópio de Folhas do acervo de experimentos do MINF/UFPA há um cilindro de acrílico, que internamente aloja duas pequenas folhas de papel alumínio leve, que ficam suspensas por um gancho, também metálico, que, por sua vez, está fixo na tampa do recipiente. Parte desse gancho fica do lado externo do recipiente para poder interagir com o objeto eletrizado, seja por indução ou por contato.

 

FONTE:

CALDAS, J. Museu Interativo da Física da UFPA: Ação educativa com ênfase em divulgação e popularização da História e da Filosofia da Ciência para o ensino de Física. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. Faculdade de Física. Universidade Federal do Pará, Belém, 2015.


MINF - UFPA - Av. Augusto Correa, n° 01, Campus Básico do Guamá - Belém - Pará, CEP: 66075-110
Tel.: (91) 3201-7889. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.