O Prisma é um objeto óptico de superfícies planas, polidas e transparentes, utilizado para a demonstração de diversos conceitos de Física.Nas décadas de 1660 e 1670, o cientista britânico Isaac Newton (1642 –1727) realizou experiências com um prisma para demonstrar fenômenos como a refração e a dispersão luminosa. Em uma de suas experiências, Newton observou um feixe de luz solar, que atravessava uma fresta do quarto escuro onde estava e sofria decomposição em uma gama de cores similares as do arco-íris após passar por um prisma (CURIOSIDADES DA FÍSICA, 2015). Newton concluiu que as cores que visualizou faziam parte da luz solar branca incidente. Logo em seguida, conseguiu demonstrar que, após decompor a luz branca com um prisma, poderia recompor as cores dispersadas com outro prisma invertido obtendo novamente a luz branca. Newton também notou que caso uma cor já dispersada atravessasse o prisma, suas características cromáticas não eram alteradas (CURIOSIDADES DA FÍSICA, 2015). O experimento Prisma de Newton do acervo de do MINF/UFPA é constituído por uma fonte de luz branca, uma base de madeira, um prisma e um anteparo.

 

FONTE:

CALDAS, J. Museu Interativo da Física da UFPA: Ação educativa com ênfase em divulgação e popularização da História e da Filosofia da Ciência para o ensino de Física. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. Faculdade de Física. Universidade Federal do Pará, Belém, 2015.

MINF - UFPA - Av. Augusto Correa, n° 01, Campus Básico do Guamá - Belém - Pará, CEP: 66075-110
Tel.: (91) 3201-7889. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.